Audiência Pública Virtual: Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Ananindeua em Época da Pandemia de Coronavírus

A audiência pública virtual irá debater o funcionamento da rede de apoio às mulheres em situação de violência durante a pandemia do novo coronavírus

Data de Início: 02/04/2020 - 15:00

Data de Fim: 02/04/2020 - 17:00

Realização: Promotoria de Justiça Criminal, Promotoria de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Direitos Constitucionais Fundamentais, Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, Promotoria de Infância e Juventude

Local: A audiência pública será feita de forma virtual, por meio da plataforma Skype

Endereço: Para participar da audiêcia virtual os interessados deverão enviar seu contato de WhatsApp para o e-mail: 4pjcriminalananindeua@mppa.mp.br. Um link para entrar no Skype será enviado por mensagem.

Público-Alvo: Toda a comunidade de Ananindeua

Mais Informações: A Promotoria elaborou regras de participação do público. Os participantes poderão, por exemplo, se enviar previamente sua manifestação para a audiência pelo e-mail 4pjcriminalananindeua@mppa.mp.br. Também deverá informar por e-mail o número de WhatsApp para que seja enviado o link de acesso ao evento no aplicativo Skype, que tem capacidade para receber até 150 pessoas. Os cadastrados poderão participar do evento de acordo com os recursos disponíveis na plataforma. É de extrema importância que durante a audiência os participantes mantenham seus microfones e vídeos desligados no momento em que alguém estiver falando. Quem desobedecer essa regra ou adotar conduta ofensiva e em desacordo com as legislações criminais e de liberdade de expressão e manifestação será excluído da plataforma. A audiência pública iniciará com uma abertura feita por um dos promotores de justiça de Ananindeua. Em seguida, o promotor Nadilson Portilho (4º promotor criminal de violência doméstica e familiar contra a mulher) apresentará relatório da atuação da Promotoria de Justiça de Ananindeua, em 2019, na área de defesa e proteção da mulher. As duas horas seguintes serão para ouvir as manifestações dos participantes. Autoridades e demais presentes poderão usar a palavra, devendo se cadastrar via chat a partir da abertura dos trabalhos. Após as participações das autoridades e demais presentes os promotores farão exposições sobre providências, andamentos das demandas apresentadas.

Edital: