GSI

O GSI está apto a assessorar todos os órgãos de execução do MPPA, entre eles o Grupo de Atuação no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que já atua na investigação e combate a organizações criminosas e ajuizamento de ações criminais

GSI true-agency-974117-unsplash.jpg

O GSI (Grupo de Atuação Especial de Inteligência e Segurança Institucional) foi instituído em 10 de novembro de 2017 por meio da resolução número 012/2017, do Colégio de Procuradores de Justiça.  É um órgão de assessoria direta da Procuradoria-Geral de Justiça e tem entre suas competências:

  • Planejar e executar ações, inclusive sigilosas, relativas à obtenção e análise de dados e informações para a produção de conhecimentos, compreendendo os níveis estratégico, tático e operacional;
  • Planejar e executar a salvaguarda de dados, informações e conhecimentos sensíveis de seu interesse, zelando pela segurança das áreas e dos meios utilizados para produzi-los, armazená-los e disseminá-los;
  • Fornecer subsídios para gestões estratégicas e de conhecimento da Instituição;

Equipe

Coordenador: Promotor de Justiça Milton Menezes

O GSI é constituído por membros e servidores efetivos do Ministério Público e por policiais militares, delegados e agentes das polícias civil e federal, atuando em caráter provisório e/ou permanente.

 

Investigação de movimentações bancárias

Uma das ferramentas de trabalho do GSI é o Simba (Sistema de Investigação de Movimentações Bancárias), que reúne processos, módulos e normas para tráfego de dados bancários entre instituições financeiras e órgãos governamentais, que foi desenvolvido pela Assessoria de Pesquisa e Análise (ASSPA) da Procuradoria-Geral da República.

 

Programas de inteligência e formulários para acionsar o GSI

O acesso aos programas (Validador bancário e Transmissor bancário) e aos formulários padronizados é restrito aos membros do MPPA, que devem utilizar a intranet para utilizar estes recursos.