Operação conjunta com a Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas

Cinco pessoas foram presas por suposta associação criminosa para a comercialização de ilícitos, como cocaína
Chaves 23/08/19 11:26

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), em parceria com a Polícia Civil, deflagrou, na manhã desta sexta-feira (23), a operação Acapulco para combater a venda de entorpecentes em Chaves, município localizado no arquipélago do Marajó. Foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão. 

As investigações foram conduzidas pelo MPPA, por meio da Promotoria de Justiça de Chave e do Grupo de Atuação Especial de Inteligência e Segurança Institucional (GSI), que desde o mês de maio deste ano apuram diversas ocorrências de adolescentes envolvidos com drogas no município, assim como a crescente ocorrência de furtos praticados por usuários de entorpecentes. 

Durante as investigações, que ocorrem no âmbito de um procedimento investigatório criminal instaurado pela Promotoria de Justiça de Chaves, foi identificada uma associação criminosa especializada na distribuição de entorpecentes, tipo cocaína. Um dos presos, suspeito de ser o fornecedor das drogas, estava no Amapá. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz Arnaldo José Pedrosa Gomes, titular da comarca de Chaves. 

A delegada Maria Agda Leite apoiou as investigações da operação Acapulco e também o cumprimento dos mandados judiciais nesta sexta-feira.

  

Texto: Assessoria de Comunicação Social

 

 

Fale Conosco