Promotoria faz atividade para debater saúde com estudantes

Mais de cem alunos e professores puderam discutir temas como a tuberculose e infecções sexualmente transmissíveis
Belém 22/03/19 11:41

 

Nesta 5ª feira (21) as Promotorias de Direitos Constitucionais Fundamentais e dos Direitos Humanos promoveram mais uma etapa de suas atividades previstas no Plano de Atuação. Foi realizado no salão paroquial da Igreja de São Sebastião, na Sacramenta, um encontro sobre saúde e educação, tendo como público alvo alunos da Escola Estadual Graziela Moura.

A atividade de formação estudantil contou com a participação do professor da Universidade da Amazônia, Paulo Jorge Martins Nunes, que palestrou sobre o tema literatura e tuberculose, verdadeiro passeio por escritores e poetas como Castro Alves, Álvares de Azevedo; Fagundes Varela; Gonçalves Dias e Manuel Bandeira, dentre outros expoentes. Durante os debates desse tema, Ernandes, do movimento social lembrou do grande médico paraense Gaspar Vianna, que contraiu a doença ao realizar uma necrópsia.

 

 
Foto: PJ Direitos Constitucionais Fundamentais e dos Direitos Humanos

 

O evento teve ainda a palestra de Maria Elias do movimento solidariedade e representante dos movimentos sociais, pelo Ministério da Saúde, explanou sobre as infecções sexualmente transmissíveis IST-AIDS , destacando a sífilis.

Houve grande participação do corpo discente (mais de 100 alunos) e docente da escola, cuja direção, através da diretora Carmem, apoiou o projeto desde o início, se fazendo presente ao evento.

O evento foi coordenado pela promotora de Justiça de Direitos Constitucionais Fundamentais e dos Direitos Humanos, Suely Catete. "O evento foi pensado a partir de minhas atividades laborais na área de saúde, bem como de minha outra formação acadêmica, Letras", disse.

Texto: Promotoria de Direitos Constitucionais Fundamentais e dos Direitos Humanos
Edição: Ascom MPPA

 

 

 

Fale Conosco